quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

A melhor salada do mundo


Pode parecer um título algo pretencioso mas a verdade é que para mim, no momento presente, esta é a melhor salada do mundo! A combinação de sabores, as cores, a descoberta das texturas e dos paladares em cada garfada arrebatam-me os sentidos levando-me a viajar para destinos longínquos enquanto saboreio esta salada.
A mistura eclética de sabores veio, em parte, do Cinco Quartos de Laranja (blogue que é uma inspiração!!!) e do livro que me tem acompanhado nos últimos tempos, o Dicionário dos Sabores, uma autêntica aprendizagem da conjugação de ingredientes, uns mais esperados, outros algo inusitados, mas para já sempre com sucesso.


A melhor salada do mundo

2 beterrabas cozidas
1 romã
4 clementinas
1 barra de queijo feta (Dodoni)
100gr de rúcula
100g de alface (opcional)
100g de bacon (opcional)
Azeite
Vinagre de framboesa

Abrir a romã ao meio com uma incisão apenas na pele, rodar cada metade num sentido contrário e descolar. Bater com o cabo de um utensílio no topo de cada metade para soltar os bagos. Partir as beterrabas em cubinhos e fazer o mesmo com a barra do feta. Descascar as clementinas e separar os gomos. Juntar todos os ingredientes com a rúcula numa taça e regar com um vinagrete feito com quantidades iguais de azeite e vinagre.

A nossa contribuição para a passagem de ano, mesmo antes de sairmos de casa

Esta salada foi um dos acompanhamentos da nossa passagem de ano, muito bem passada em casa de uns amigos que por acaso também são nossos vizinhos. A casa estava cheia e a salada desapareceu num ápice, fazendo sucesso mesmo entre aqueles que não gostavam de beterraba.

Na versão com o crocante de bacon

Dias mais tarde uma salada igual, à qual juntei alface e bacon salteado (colocar o bacon numa frigideira anti-aderente e salteá-lo até ficar bem torradinho e crocante), acompanhou uns bifes do lombo que a minha mãe me trouxe (grelhei-os na frigideira do bacon, depois de ter escorrido a gordura, temperados com flor de sal aromatizada para grelhados). O bacon crocante imprimiu um ritmo completamente novo à salada, elevando para um outro nível os sabores e texturas conjugados.

No prato, com os bifes :p

12 comentários:

  1. PELOS INGREDIENTES ACREDITO QUE ESTEJAS CERTA.
    BJS

    ResponderEliminar
  2. Ai amiga pelo aspecto eu acredito neste título :), esta mesmo apetitosa.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. BOM DIA ONDINA!
    FICOU UMA SALADA RICA, SABOROSA E LINDA!
    BJS..♥

    ResponderEliminar
  4. Lá por casa há uma salada com esse nome! Por isso hoje haverá um duelo de Titans e amanhã direi de sua justiça se esta é ou não a melhor salada. Já levo comigo a tua receita. bjs

    ResponderEliminar
  5. Bom, é muito bom, mas ainda prefiro a nossa salada de queijo ricota e pão pita

    ResponderEliminar
  6. Adorei a salada e esse livro também me está a acompanhar, é so descobertas no mundo dos sabores.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Esta dupla é o máximo e tudo o que fazem é divino à vista e ao paladar.
    Já experimentei duas das vossas criações e acho que Portugal está a lucrar convosco.
    Boas inspirações culinárias em 2012 e sempre,
    Anita ( madrinha da vossa vizinha Ana)

    ResponderEliminar
  8. Anita, ainda bem que tem gostado de visitar este nosso espacinho virtual, gostamos de ter os amigos por perto! Espero que continue a experimentar as nossas receitas e que sejam sempre do seu agrado. Bjis :*

    ResponderEliminar
  9. Ondina, já provei a tua saladinha. Se queres saber o resultado vai espreitar no meu blog. Bjs

    ResponderEliminar
  10. Basta espreitar para ver que é boa, é mesmo boa! Devido ao fato de ser aparentada do grilo que, já comia uma saladeira inteira.
    Bjs e bom ano

    ResponderEliminar
  11. A melhor não sei se é pois teria de provar...mas garanto que é a mais bonita do mundo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita :)