sábado, 15 de Dezembro de 2012

Yiaourtopita e um convite para jantar


Mal o ferry atracou, saímos esbaforidos, saltitando pelo meio dos turistas numa gincana frenética, tentando não abalroar ninguém com os cestos que ambos carregavamos. Subir aquelas escadas era uma estopada e o calor abrasador que se fazia sentir repuxava a pele, curtindo-a. Seiscentos degraus depois (ou seriam mil? ou um milhão?) calcorreamos as ruas estreitas e sinuosas até avistarmos a caldeira que rodeia o Nea Kameni. Num belíssimo terraço Athina esperava por nós. O seu vestido branco ondulava na brisa suave e o seu sorriso caloroso deixou-nos à vontade. Pedimos desculpa pelo atraso. Athina soltou uma gargalhada contagiante enquanto reclamava que os ferries (ou qualquer transporte) nunca andava a horas. O terraço estava pronto para o nosso jantar. Numa mesa com toalha branca e quadrados azuis, várias iguarias esperavam por nós: desde as típicas mezedes e saladas, passando pelo souvlaki também na sua versão vegetariana, as beringelas recheadas, o pasticio, os gemista sto fourno e uma fumegante moussaka, que chegava pelas mãos da mãe Hellas. De um dos nossos cestos saiu uma das sobremesas: um simples mas sempre delicioso bolo de iogurte grego.
Yiaourtopita
(em "Food from many Greek kitchens" de Tessa Kiros)

180g de manteiga sem sal, à temperatura ambiente
250g de açúcar
3 ovos
1 c. chá de essência de baunilha
300g de farinha
1 c. sopa de fermento
250g de iogurte grego

Bater a manteiga com o açúcar até se obter uma mistura pálida. Adicionar os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada ovo. Juntar a essência, batendo bem, para de seguida peneirar a farinha com o fermento e uma pitada de sal. Verter o iogurte e continuar a bater até se obter uma mistura espessa e macia.  Colocar a massa numa forma de mola redonda untada e levar ao forno pré-aquecido a 180º C durante 45 mins (ao fim de 30 mins fazer o teste do palito e, se necessário, remover o bolo, pois deve ser húmido e fofo pelo que não deve cozer de mais).
E assim participamos em mais uma edição do Convidei para jantar, do blogue Anasbageri, que este mês viaja de Marmita em punho pelos países ou cidades do nosso coração. E como não poderia deixar de ser, fomos gentilmente convidados por Atenas, e pela sua mãe Grécia, para degustar as muitas iguarias da cozinha grega durante um animadíssimo jantar . E, apesar de a nossa sobremesa ser simples, as palavras da própria Tessa Kiros dizem tudo: "I love this for its damp crumbs and great texture. It's the kind of cake that can be taken just about anywhere and it will be the right thing.".
Nota: esta receita base pode ser perfeitamente alterada e melhorada, valendo de tudo um pouco, desde a raspa de limão (ou outros citrinos), passando pela adição de fruta (como por exemplo mirtilos), ou até utilizando coalhadas (para cobrir e ou rechear). Um bolo perfeito e adaptável para qualquer ocasião :)










13 comentários:

  1. Já estava com saudades tuas!
    Fui a primeira a chegar e a desfrutar desta maravilhosa viagem, com fotos deslumbrantes, um texto delicioso e um bolinho de iogurte grego a condizer!
    Adorei ver Atenas pela tua objetiva.
    Eu desta vez acho que fico de fora... :(((
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Grécia, que perdição! :)

    O bolo tem um aspecto muito bom. [Os livros da Tessa Kiros, são sempre uma inspiração! :)]

    ResponderEliminar
  3. Esse bolo deve ser maravilhoso...
    beijinhos e bom domingo,
    Addicted
    http://cookaddiction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Eheheh!! Era fácil descobrir qual ia ser a vossa convidada!!!!
    Bolinho bom ;) E desta vez ganhei-vos! Não deixei a participação para o último dia!!!!
    Bom domingo!

    ResponderEliminar
  5. Que bonitas imagens e que bela convidada, adorei muito obrigada pela participação adorei tudo como sempre. Um beijo especial

    ResponderEliminar
  6. Adorei as fotos Ondina :)
    Espero um dia vir a conhecer a Grécia, e toda a sua beleza.
    E esse livro da Tessa Kiros é fabuloso, a par desse bolo perfeito com iogurte grego.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Que fotos de sonho! A Grécia foi um dos destinos onde estive para ir na lua de mel, andámos muito inclinados para as ilhas gregas, especialmente Santorini e embora tenhamos acabado por ir para outras paragens, esse destino ainda está marcado como um dos mais desejados por nós!! Deve ser maravilhosa e lendo os teus relatos de cada vez que escreves sobre o país ainda fico com mais vontade!!
    Esse livrinho também acabou de chegar à minha cozinha:)))
    Bela participação e lindo bolinho:)
    Beijocas e bom domingo!


    ResponderEliminar
  8. Que bela escolha as fotos são lindas ,quando vejo a grécia em filmes apetece mesmo conhece-la.
    Gostei do bolo perfeito para o lanche .
    bom domingo
    bjs

    ResponderEliminar
  9. Que bela participação. Fotografias fantásticas, bonita descrição e um bolo perfeito!
    Nunca fui à Grécia, mas é daqueles países que está nos projectos apesar da crise :)
    Adorei o teu post.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  10. hehe já desconfiava :) as fotos são liiiiiindas e confesso que morro de vontade de lá ir :) quem sabe um dia :) por enquanto fico me com o bolo (de nome esquisito hehe) beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Oh meus deus! Que paraíso! Já cá faltava a formosa Grécia, e os seus petiscos hmmm..
    Já tinha ouvido falar desse livro que dizes, agora fiquei inda mais curiosa :)
    beijinho*

    ResponderEliminar
  12. Esse bolinho vem mesmo a tempo do meu chá. Por favor, uma fatia aqui para a mesa do canto. Obrigada

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita :)